Afoxé Filhos do Congo escolherá a Negra FAIZAH para o carnaval

0
Afoxé Filhos do Congo escolherá a Negra FAIZAH para o carnaval
Foto Divulgação | Afoxé Filhos do Congo – Rainha Faizah 2017

Nesta quinta (01), a partir das 18h, o Afoxé Filhos do Congo realizará no Shopping Cajazeira o concurso de beleza negra FAIZAH – Aquela que é vitoriosa. O evento contra com as participações da ativista Lívia Ferreira como mestre de cerimônia e dos cantores Tonho matéria e Decoh Andrade.

A 39ª edição do concurso segue consolidando uma luta também em prol do empoderamento feminino negro ao ter uma rainha à frente da maior festa popular do mundo, além disso, a escolha da rainha é um momento que exalta a beleza da mulher negra, valoriza as tradições das culturas africanas, por meio da música, dança e indumentárias.

O Filhos do Congo –  é herdeiro de outras duas entidades que abrilhantaram os carnavais de Salvador. Em sua formação mais antiga era o Congos d’África, um dos afoxés pioneiros da República. O Congos d’Africa, criado no início dos anos 1920 era um “colossal candomblé a perambular pelas ruas” que se originou com o Velho Rodrigo (Dodô), nas mediações do Dique do Tororó, lugar sagrado em cujas cercanias havia muitos candomblés. O terreiro de Dodô dedicado a Omolu. já trazia uma marca dos afoxés dedicados ao Congo: tocava em ijexá, ao invés de em congo como seria de se esperar. O Congos d‘África foi sucedido pelo Filhos do Congo no final dos anos 40 liderado pelo filho de Dodô.

Para a atual presidente do Afoxé, Lindinalva Silva, “dirigir o Filhos do Congo tem sido um desafio. É importante exaltar a beleza das mulheres negras em nosso espaço, mas percebendo as entidades carnavalescas como um todo, nós do Congo, queremos que as mulheres negras sejam mais do que rainhas que comandam as alas de dança, mas construindo todas as nossas atividades enquanto instituição de resistência cultural afro”, afirma.

A dirigente do Congo ainda avalia que esse espaço feminino conquistado dentro da entidade dá um novo fôlego para as ações do Afoxé que não se resume somente ao carnaval. “O Filhos do Congo entende, sim, o carnaval como grande espaço de visibilidade. No entanto, durante o ano inteiro, dialogamos e construímos com nossa comunidade. Isso nos faz mais forte”, declara.

Assim, o Afoxé Filhos do Congo, além de aglutinar a própria comunidade no carnaval tem atraído jovens e mulheres do movimento negro para o desfile na avenida.

Carnaval – Este ano a instituição desfila  com o tema “A História do Negro Fugido” lembrando a manifestação popular da região do Recôncavo no Quilombo do Iguape em Cachoeira (Ba), onde a banda Filhos do Congo anima os associados que desfilam com a fantasia assinada pelo artista plástico Alberto Pitta.

 

SERVIÇO

Rainha FAIZAH do Afoxé Filhos do Congo
Atrações: Tonho Matéria e Decoh Andrade
Dia: 01 de fevereiro (quinta-feira)
Horário: 18h
Local: Shopping Cajazeiras (Fazenda Grande II)

Entrada Gratuita