As Bases de Segurança e o Estado Militar – O que diz Leymahe Orumilá?

Na EscrituraYoruba, ouvimos o filósofo Orumila no OdùÈjìOnilèdizer a um desacreditado: “Marche pela lama”. O desiludido, porém, contesta: “Eu não posso marchar pela lama”. Ao que interpela o sábio filósofo: “Se não marcharmos pela lama, nossas bocas não poderão comer  boa comida”. LeymahGbowee, caminhou pela lama para saciar sua fome, sua fome por justiça. Aceitando o convite de Orumilá, ela uma mulher africana liberiana, com tantas outras mulheres, caminhou pela lama da violência, da opressão e da desgraça, e em um movimento não violento, foi uma das principais responsáveis pelo…

Leia Mais

O que é racismo? Curso On Line com o Coletivo Di Jejê

O que é racismo? Curso On Line com o Coletivo Di Jejê

Racismo reverso, racismo estrutural, racismo institucional, tudo é racismo, racismo é vitimização?! Mas afinal, o que é racismo? Esse é o tema do curso de Novembro do Coletivo Di Jejê. O Curso tem por objetivo discutir o conceito de racismo, a construção social, econômica, histórica e cultural do racismo contra africanos do continente e da diáspora,  além de debater a consolidação do ideário racista no Brasil. A Escola Virtual do COletivo Di Jeje oferece mais de 15 cursos virtuais totalmente a distância, sobre a mulher negra e a condição do…

Leia Mais

Fábricas de Cultura discutem as resistências e tradições do povo negro

Fábricas de Cultura discutem as resistências e tradições do povo negro

A programação terá exposições, workshop, atividade de graffiti, exibições de filmes e roda de conversa sobre beleza e empoderamento No dia 20 de novembro relembramos a história e a luta dos negros pelos diretos humanos no Brasil.  Para debater as questões relacionadas ao tema, as Fábricas de Cultura, instituições da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo que são gerenciadas pela Poiesis, prepararam uma programação cheia de atividades. Entre os principais destaques estão: “Mural Tons da Terra Mãe”, que é um projeto do artista Alexandre Keto, que, por meio…

Leia Mais

XIII Caminhada pelo Fim da Violência, da Intolerância Religiosa e pela Paz

XIII Caminhada pelo Fim da Violência, da Intolerância Religiosa e pela Paz

Os terreiros do bairro do Engenho Velho da Federação e adjacências realizarão, dia 15 de novembro, às 15h, no bairro do Engenho Velho, a Caminhada pelo Fim da Violência, da Intolerância Religiosa e pela Paz.  O objetivo da caminhada é denunciar o desrespeito às religiões de matriz africana, que tem vivenciado diariamente os ataques dos efeitos do racismo institucional perpetrado pelo Estado brasileiro, pela ausência, violação e não cumprimento das políticas públicas voltadas para a garantia da integridade das religiões de matriz africana e indígena. A manifestação acontece desde 2004,…

Leia Mais

‘Tradições de uma Bahia’ está em cartaz na Casa 14

'Tradições de uma Bahia' está em cartaz na Casa 14

A Cia de dança Tradições, apresenta na Casa 14, todas as terças de outubro, às 19:30 o espetáculo “Tradições de uma Bahia”. A produção conta com as imagens de Pierre Verger e telas de Caribé para  compor  o cenário do balé jovem em cena, dirigido por Denys Silva. Serviço: O quê: “Tradições de uma Bahia”. Quando:Todas as terças às 19:30 Onde: Casa 14 – Pelourinho Quanto:  R$ 30 Inteira/ R$ 15 Meia/ LISTA AMIGA R$ 10

Leia Mais

Afrocontos entra em cartaz no Teatro Molière

Afrocontos entra em cartaz no Teatro Molière

A atriz e youtuber Mariana Brito está em cartaz com a peça AfroContos, no Teatro Molière.  A peça, que encerra as apresentações no dia 26 de novembro, apresenta histórias africanas de livros infantis, valorizando identidade dos negro e indígenas. Segundo Mariana, “Afrocontos busca levar para a vida do público infantil o  respeito e o conhecimento de forma lúdica, sem perder de vista os processos que são comuns dentro dos ambientes que frequentam, como na família, nas escolas, na sociedade como um todo”. O desejo do elenco formado por quatro atores…

Leia Mais

Ubuntu Festival de Negras Artes no Teatro Gamboa

O Ubuntu Festival de Negras Artes no Teatro Gamboa

O Ubuntu Festival de Negras Artes (UFNA) chega a novembro com “Artes Entrecruzadas”, tema dessa segunda edição que será realizada no teatro Gamboa Nova. O festival  tem por objetivo reunir e incentivar produções de artistas negros num espaço de coletividade onde esses trabalhos possam ter visibilidade. A programação  é composta por inúmeros espetáculos em diversas linguagens artísticas, dentre elas dança, teatro e poesia. Idealizado pelos atores Leno Sacramento, Naira da Hora e Shirlei Sanjeva, e Luciene Brito – produtora cultural,  o UFNA acontece de 15 a 26 de novembro, em…

Leia Mais

Pelourinho Recebe Natas em Solo

O Núcleo Afro-Brasileiro de Teatro de Alagoinhas volta a Salvador para apresentar o Natas em Solos – Seis Olhares Sobre o Mundo, ação com 06 espetáculos solos interpretados pelos atores Antônio Marcelo, Daniel Arcades, Fabíola Júlia, Nando Zâmbia, Sanara Rocha e Thiago Romero. O Natas em Solos é um projeto artístico-investigativo-formativo que consiste apresentação de seis solos concebidos e realizados pelos intérpretes/criadores do NATA a partir das pesquisas cênicas individuais destes artistas.  O público poderá conferir no Teatro Sesc Senac Pelourinho os espetáculos: As Balas Que Não Dei Ao Meu Filho de Antônio Marcelo (09/11); Iyá Ilu de Sanara…

Leia Mais

O ‘Festival Samba de Beco em Beco’ retorna ao Pelourinho 

O 'Festival Samba de Beco em Beco' retorna ao Pelourinho 

Sexta-feira (17), a partir das 19h, o “Festival Samba de Beco em Beco” retorna ao Pelourinho com Gal do Beco no Casarão 26. A anfitrião do projeto, que promove encontros de artistas do samba de roda e samba de raiz, receberá Juliana Ribeiro, Turma de Casa, dentre outros convidados especiais. SERVIÇO: O quê: Festival Samba de Beco em Beco – Gal do Beco e Convidados Quando: 17 (sexta) de Novembro de 2017 às 19h Onde: Casarão 26  – Ladeira do Passo, Nº 26 – Sede do Afoxé Filhos do Korim Efan – Pelourinho

Leia Mais

Sarah Moraes é a nova Rainha da Beleza Negra de Sussuarana

Dia 28, no Capdever, em uma noite que reuniu um júri composto por ativistas como Jorge Washington (Bando de Teatro Olodum), Ivana Sena (Revista Quilombo), Jean Nogueira (Malê Debalê) e Gisele Soares (Deusa do Ébano de 2017 do Ilê Aiyê), mais de 300 pessoas entre moradores, familiares e amigos participaram da coroação de Sarah Moraes  escolhida como rainha para representar a negritude da comunidade. Sarah é moradora de Sussuarana, concorreu pela terceira vez e, agora, saiu vitoriosa, atendendo aos critérios de simpatia, beleza e dança. Para ela, «Esse concurso é…

Leia Mais