Espaço Cultural da Barroquinha Recebe ‘Os Diálogos Insubmissos de Mulheres Negras’

0
'Os Diálogos Insubmissos de Mulheres Negras'
 'Os Diálogos Insubmissos de Mulheres Negras'
Foto Felipe Iruatã | Dayse Sacramento

Resultado de um projeto de pesquisa em Literatura,  Os Diálogos Insubmissos de Mulheres Negras  se propõe a criar uma cena de debates e reflexões sobre a violência contra as mulheres negras, aliada à uma ótica das insubmissões destas mulheres que entrecortam as narrativas dos contos do livro Insubmissas lágrimas de mulheres, da autora Conceição Evaristo. Deste modo, através de mesas temáticas, haverá a apresentação dos contos, aliada à crítica das pesquisadoras palestrantes sobre mulheres negras, suas dores, desejos, medos, e suas lutas por sobrevivência.

Estes encontros fazem parte da 5ª edição do Julho das Pretas, que este ano tem como tema: Negras Jovens e as lutas de enfrentamento ao racismo, a violência e pelo bem viver. Esta articulação de atividades é uma organização do Odara – Instituto da Mulher Negra com outras entidades de mulheres negras da Bahia, com o intuito de dar visibilidade a práticas e projetos em uma agenda propositiva conjunta, a fim de celebrar o 25 de Julho – Dia Internacional da Mulher Negra Latino-americana e Caribenha.

As pessoas interessadas no debate sobre o texto literário de autoria feminina negra e as suas reverberações políticas, acadêmicas e sociais podem participar dos quatro encontros propostos pela organização do projeto, que no primeiro dia apresenta DENISE CARRASCOSA, doutora em Crítica e Teoria Literárias, Autora do livro Técnicas e Políticas de Si nas Margens: literatura e prisão no Brasil Pós-Carandiru, co-autora dos livros Cartografias da Subalternidade e Traduzindo no Atlântico Negro. Coordenadora do Projeto Corpos Indóceis e Mentes Livres, que trabalha com oficinas literárias junto a mulheres encarceradas na cidade de Salvador e MANOELA BARBOSA – Mestra em Crítica Cultural pela UNEB, com experiências em Ensino de Filosofia, Educação e Relações Etnicorraciais e de Gênero e Estudos literários.

A mediação ficará por conta de DAYSE SACRAMENTO – feminista negra,  mestra em Crítica Cultural, doutoranda em Literatura e Cultura pela Universidade Federal Bahia. Atualmente, professora de Língua Portuguesa do IFBA e idealizadora do projeto.

SERVIÇO:

Os Diálogos Insubmissos de Mulheres Negras
Quando: 11/julho às 19h
Onde: Espaço Cultural da Barroquinha
Quanto: Entrada Gratuita – Inscrições no local minutos antes da atividade
+ Certificado como ouvinte, com carga horaria de 3 horas.
+ Sujeito a lotação do espaço