Malê Debalê encerra as apresentações do ‘Concha Negra’

 

Malê Debalê encerra as apresentações do 'Concha Negra'
Foto Divulgação | ASCOM Malê Debalê

Ontem(04), o afro Malê Debalê encerrou com chave de ouro as apresentações do projeto ‘Concha Negra” na Concha Acústica do TCA. Com a plateia repleta de “Itapuanzeiros” o Malê colocou o público para cantar e dançar com suas músicas que contam a história dos povos negros na Bahia.

Malê Debalê encerra as apresentações do 'Concha Negra'
Foto Divulgação | ASCOM Malê Debalê

As participações das cantoras Ellen Oléria e Mariene de Castro foram o ápice da noite que misturou a batida percussiva da banda malê com a black music e o samba de raiz.  O repertório reuniu as canções do anfitrião da noite que fez questão de homenagear outros blocos que passaram pelo palco da Concha Negra, como Ilê Aiyê e Muzenza e também lembrou grandes sucessos do carnaval de grupos como Filhos de Jorge.

A noite mostrou a capacidade do afro Malê Debalê em apostar na diversidade do gosto do público que vai de pessoas adultas até os mais jovem.

Foto Divulgação | ASCOM Malê Debalê
Malê Debalê encerra as apresentações do ‘Concha Negra’

 

Outros destaques da noite ficou por conta da primeira apresentação do rei e da rainha malê – Lucas Pissay e Viviane Lopes- e do balé afro Malê Debalê impecável em ritmo, figurino e beleza. Show à parte o figurino da percussão também fez cenário para uma noite incrível do pré-carnaval de Salvador, que teve o axé do professor de História e de Dança, André Luís Almeida, Rei Momo do Carnaval 2018.

Notícias Relacionadas