SPM recebeu Eliane Dias do SOS Racismo na 2ª edição do ‘Fala Menina’

SPM recebeu Eliane Dias do SOS Racismo na 2ª edição do 'Fala Menina'
Foto ASCOM | SPM – Eliane Dias no ‘Fala Menina’

Em Comemoração ao dia Internacional da Mulher Afro Latino Americana e Caribenha, a Secretaria de Políticas para Mulheres (SPM) recebeu a visita de Eliana Dias, advogada e empresária do grupo Racionais Mc´s.  A vinda de Eliane à Bahia se deu por conta da segunda edição do projeto ‘Fala Menina’, em parceria com a SEPROMI, que teve como tema Jovens Negras: Inspirar para libertar. O encontro aconteceu, nesta quarta-feira (26), no Colégio Severino Vieira em um grande bate-papo com a juventude.

Eliane empresaria um dos mais famosos grupos de rap do país e, também, atua como advogada, coordenando o “SOS Racismo”, programa da Assembleia Legislativa de São Paulo. Após atividade, seguiu para um almoço especial com as presenças da secretária Julieta Palmeira; da presidenta da UNEGRO Ângela Guimarães; Ivana Sena da Revista Quilombo, Amanda da ONU Mulher e da cantora Larissa Luz, que esse ano puxou o bloco no carnaval de Salvador pelo projeto ‘Respeita as minas’, da SPM.

SPM recebeu Eliane Dias do SOS Racismo na 2ª edição do 'Fala Menina'
Eliane Dias , Ivana Sena e a Secretária Julieta Palmeira

A advogada conversou sobre produção cultural, sobre sua família com o cantor Mano Brown e, lógico, sobre casos do SOS Racismo. No encontro se mostrou contente pela forma com que a Bahia articula ações na militância e afirmou que “É importante empenhar esforços em ações que se aproximem das bases. Toda política deve ser feita perto dessas meninas que conheci hoje. Percebo o governo tentando discutir nossas pautas nos gabinetes, mas é preciso estar perto das pessoas”, se referindo ao encontro Colégio.

A secretária, ontem,  levou as ações da Caravana Respeita as Mina para Instituto Federal de Educação Tecnológica (IFBA) e debateu a conscientização sobre o combate à violência contra as mulheres com alunos da rede pública, sociedade civil e integrantes da Rede de Atenção à Mulher em Situação de Violência teve auditório lotado pelas jovens do Território do Baixo Sul, em Valença. Agora,  segue em outras atividades do governo e do movimento social em comemoração ao mês das mulheres negras da Bahia.

Notícias Relacionadas