Cadernos Negros comemora 40 anos de produção literária

0
Cadernos Negros comemora 40 anos de produção literária
Cadernos Negros comemora 40 anos de produção literária
Profª. Ana Célia Silva | Foto: Sandro Sussuarana

Na última sexta (18), na  Faculdade de Economia da UFBA, foi celebrada a 40ª edição e os 40 anos do Cadernos Negros. O volume 40 apresenta contos de 42 autores distribuídos ao longo de 376 páginas que abordam temas como relações afetivas, família, mulher negra e questão racial.

O Cadernos Negros se consolida como um trabalho de fundamental importância para visibilidade da Literatura Negra, reunindo escritores de todo Brasil ao longo das suas publicações.

A noite contou com a presença de alguns poetas e poetisas que publicaram na edição, como Fernando Gonzaga, Jairo Pinto e Ana Fátima, além das presenças de intelectuais negros que tiveram seus contos e poesias publicados em edições anteriores, como Landê e a professora Ana Célia Silva, que na ocasião lembrou e recitou o poema Saubaras do falecido irmão, professor e diretor do Ilê Aiyê, Jônatas Conceição, um dos fundadores do Movimento Negro Unificado na Bahia.

Resistência na Literatura Negra, o Cadernos Negros segue sem incentivos culturais,  se organizando pela editora Quilombo Hoje, de forma independente.

A celebração ainda contou com a potente intervenção poética do jovem Rilton Júnior,  um pocket show de Juracy Tavares, venda de livros e sessão de autógrafos.