Fórum de Cultura da Bahia realiza encontro em Canudos

0
Forum de Cultura da Bahia | Foto Emerson Leando
Forum de Cultura da Bahia | Foto Emerson Leando
Nos dias 26 e 27 de maio, o Fórum de Cultura da Bahia realizará o XIV Encontro do Fórum de Cultura da Bahia em Canudos, reunindo representantes da sociedade civil e do poder público, para debater sobre políticas culturais do Estado da Bahia.
O Fórum, que se estabelece como uma rede de agentes culturais, se formou em 2011 e, desde então, propõem estratégias de acompanhamento e controle social da gestão das políticas culturais. Em Rede, já percorreu mais de 50% dos Territórios de Identidade da Bahia, fomentando novos espaços de reflexões.
A nova coordenação, estabelecida em 2017, tem organizado ações relevantes, a respeito da garantia de sustentabilidade de suas ações e os desafios de construir política de forma autônoma e apartidária. Assim, a gestão se empenha no desenvolvimento de tecnologias sociais integrando economia solidária e economia da cultura, criando um  fundo colaborativo, mantido pelas inscrições dos participantes dos Encontros do fórum e por doações dos membros.

Para o sociólogo Helder Bonfim (Foto ao lado), “O encontro em Canudos está sendo de fundamental importância para nossa articulação porque vamos discutir acerca das possibilidades de criação da ‘Lei Cultura Viva’ no estado.
A Cultura Viva existiu em âmbito federal, durante as gestões de Gilberto Gil e Jucá, permitindo a criação de programas como os Pontos de Cultura e ações voltadas a valorização das Culturas Tradicionais e Matriz de Saberes. Porém, com o desmonte do Ministério da Cultura os avanços ficam em risco e o Fórum tem buscado fortalecer a discussão para criação dessa Lei na Bahia. 
Nossos desafios são muitos, mas juntos estamos fazendo o que temos e somos o nosso maior recurso”, explica, o também, Coordenador Executivo no Fórum.

Os debates se iniciam no sábado, com a solenidade de abertura e uma mesa sobre “Cultura, Esperança e Luta”, no Memorial Antônio Conselheiro. A tarde acontece a 5ª edição do Projeto Jereré, ciclo de formação e qualificação em cultura. E no domingo, as plenária de mestres e mestras dos saberes, que encerra o encontro.
Programação:

26 de Maio (Sábado) às 8h30

8h30 –
 Solenidade de Abertura: Cultura, esperança e luta Mediação: Helder Bomfim (Fórum de Cultura da Bahia), Coral Em Cantar Genário Rabelo – Presença de representantes do município e do estado; entidades da sociedade civil.

9h30 – Caminhando pelas culturas de Canudos (Visita guiada) Mirante do Conselheiro – Núcleo de Audiovisual de Canudos Parque Estadual de Canudos

14h – Jereré – Ciclo de formação e qualificação em cultura

a) Oficina “A dança na capoeira angola” – Mediação: Dandara Baldez ;
b) Finanças Solidárias para grupos culturais – Mediação: Lídia Rafaela – Fórum de Cultura da Bahia ;
c) Oficina de Teatro – Mediação: Cia Retórica Desnuda – UNEB | DCHT XVII / Bom Jesus da Lapa;
d) Roda de Trocas – Mediação: Helder Bomfim e Karla Uckonn – Fórum de Cultura da Bahia ;
e) Laboratório de Fotografia – Mediação: Lequinho Silveira – Núcleo de audiovisual de Canudos f) Cultura do Empoderamento – Mediação: Naira Marques;
g) Forinho – Edson Júnior e Luz Marques;

18h – Cortejo / Cultura viva – Recital de Poesia: Jessica Sampaio e Wagner Jorge Navio Negreiro (Cia da Mata | Direção: Magno do Rosário) – Colcha de Retalhos (Ayá Grupo Cultural | Direção: Luz Marques)

20h – Noite Cultural – Auto do São Francisco (Cia de teatro retórica Desnuda | Direção: Marina Santos) – Desfile de Lançamento do Atelier Chica Pavão (Curadoria e criação: Sônia Bastos) – Exibições de curtas – Núcleo de áudio visual de Canudos – Pré-lançamento do livro Canudos 120 anos (Poeta Zé Américo Amarim) – Ivone Cerqueira (Salvador) – Os fubilados – Banda Mentes Pensantes – Banda Aviche – Donna Liu

27 de Maio (Domingo), ás 9h 

Plenária com Mestras e Mestre dos Saberes – Dona Duru (Filha de Seu João Regis) – Eguinaldo Cardoso (Liderança comunitária) – Cristiano Kiriri (Povos Kiriri) – Tânia (Instituto Bio Diversitas) – Maria Augusta Macedo (Sertanejas de Fibra) – Prof. João Ferreira (Educador / Canudos) – Manoel Travessa (Museu Manoel Travessa) – Nelson Mandela (Escola Agrícola de Monte Santo

11h20 – Apresentação cultural: Melelego – Cia de Teatro de Canudos (Direção: Carlos Carneiro)

SERVIÇO:

O Quê: XIV ENCONTRO DO FÓRUM DE CULTURA DA BAHIA – Cultura, Esperança e Luta Dias
Quando: 26 e 27 de Maio
Onde: Memorial Antônio Conselheiro Canudos – Bahia